.

Caricatura Galvão Soares - 70 anos

Caricatura do meu pai Galvão Soares, feita com muito carinho. Durante o processo de desenhá-la, fui levado a refletir e ver como a figura deste pai foi importante em toda minha vida. Aprendendo valores que se aprendem no banco da escola da vida, cuja a turma a ser matriculado é a nossa família. Neste ponto meu pai foi irrepreensível. Agradeço a Deus pela oportunidade de estarmos juntos neste dia de hoje 17.09.2014, comemorando os seus 70 anos de caminhada em família.


A caricatura reflete suas duas maiores paixões, o rádio e o futebol. Na Rádio Roraima meu pai viveu seus melhores momentos como profissional, como jornalista, locutor, narrador esportivo, quando ainda tínhamos futebol no antigo estádio Canarinho, e finalmente como um dos melhores diretores da emissora.Como locutor, fez muito sucesso com o saudoso programa "Encontro com a Saudade", quando nas noites de sexta-feira, levava aos ouvintes, a lembrança de antigas músicas de sucesso da época de ouro do rádio brasileiro. Naquela época, anos 70 e 80, o público participava ativamente via telefone. Lembro, ainda criança de quantas vezes, eu e meu irmão ficávamos brincando na praça Capitão Clóvis, em frente a antiga Rádio Roraima, no centro da cidade, onde hoje segue abandonado o prédio do Teatro Carlos Gomes, ao lado da TV Roraima. Depois da brincadeira, retornávamos para o estúdio, onde ele, Galvão Soares, levava alegria aos seus ouvintes. Mas apesar de todo o sucesso que fez na época, não esquece sua origem humilde e faz questão de lembrar a quem pergunta sobre sua história no rádio, que começou como locutor de "Alto Falante" no garimpo do Tepequém.


Como locutor esportivo, viveu os melhores momentos do futebol roraimense, quando nos anos 70 e 80 transmitiu vários clássicos entre Baré e Roraima. Narrações que envolviam qualidade e habilidade em passar para o público por meio do rádio as emoções do futebol. Viu e narrou as do Baré no antigo "Copão Amazônia"- torneiro regional que envolvia os principais times da região norte e alguns convidados do nordeste. Baré, time que não escondia ser apaixonado, que depois vierá ser um dos seus presidentes. Tendo sua origem profissional no meio radiofônico, ouviu as transmissões do campeonato carioca na antiga "Rádio Nacional", e aprendeu a amar as cores do tricolor Fluminense, clube do seu coração, também presente na caricatura.


O cenário é um desenho de uma mesa de operação de áudio da antiga "Rádio Roraima", pesquisa feita pela minha mãe no acervo particular de Galvão Soares.

Veja abaixo detalhes do desenho.

 

 

Franco Soares

Ilustrador, professor, empreendedor, webdesigner, idealizador do Projeto Roraima em Quadrinhos.

A arte do desenho como meio de difundir a alegria e paz, fazendo do mundo um lugar melhor para se viver.